Camino Santiago
Caminho Central Portugês

Camino de Santiago

As Origens


A história do Caminho de Santiago remonta ao início do século IX (ano 814) momento da descoberta do túmulo do apóstolo evangélico da Península Ibérica. Desde essa descoberta, Santiago de Compostela torna-se ponto de peregrinação de todo o continente europeu.

O Caminho foi definido então pela rede de rotas romanas que se juntaram aos pontos nevrálgicos da Península. O impressionante fluxo humano que rumava a Galiza deu origem a que rapidamente apareceram muitos hospitais, igrejas, mosteiros, abadias e cidades ao redor das rotas. Durante o século XIV a peregrinação começou a decair, fato trazido pelas guerras, as epidemias e as catástrofes naturais.

A recuperação das rotas começa no final do século XIX, mas é durante o último quarto do século XX, que ocorre o autêntico ressurgimento contemporâneo da peregrinação. Não há dúvida de que os componentes sociais, turísticos, culturais ou desportivos tiveram grande importância na revitalização jacobea, mas não podemos esquecer que a rota ganhou seu prestígio graças ao seu valor espiritual.

O Caminho de Santiago (Camiño Santiago) é uma grande rede de antigas rotas de peregrinos que se estendem por toda a Europa e se reúnem no túmulo de Santiago, em Santiago de Compostela, no noroeste de Espanha.

Anualmente, centenas de milhares de pessoas de várias origens caminham pelo Caminho de Santiago a sós ou em grupos organizados. As pessoas que querem estar despreocupadas poderão optar por  uma excursão organizada ou uma visita auto-guiada, enquanto muitos optarão por planejar o camino por conta própria.

A rota mais popular (que fica muito lotada no meio do verão) é o Camino Frances que se estende 780 km (cerca de 500 milhas) de St. Jean-Pied-du-Port perto de Biarritz, na França, para Santiago. Esta rota é alimentada por três grandes rotas francesas: a Voie de Tours, a Voie de Vezelay e a Voie du Puy. Também é acompanhada pelo Caminho Aragonés (que é alimentado pela Voie d'Arles que atravessa os Pirinéus), pelo Camínho de Sant Jaume de Montserrat perto de Barcelona, ​​a Ruta del Tunel de Irun, o Camino Primitivo de Bilbao e Oviedo, e pelo Camino de Levante de Valência e Toledo.

Outras rotas espanholas são o Camino Inglés de Ferrol e Coruña, a Via de la Plata de Sevilha e Salamanca, e por fim o Camino Portugues.

A rede é semelhante a um sistema fluvial,  ribeiros pequenos se unem para fazer riachos, e os riachos se juntam para fazer rios que vao finalmente desaguar na foz (Santiago de Compostela). Durante a Idade Média, as pessoas partiam a pé de suas casas em direçao as rotas principais para Santiago, dando origem ao crescimento destas redes. Hoje em dia, as viagens aéreas baratas deram a muitos a oportunidade de voar para o seu ponto de partida, e muitas vezes para fazer seções diferentes em anos sucessivos. Algumas pessoas iniciam o Caminho Santiago por razões espirituais, outros encontram essas razões espirituais ao longo do Caminho ao encontrarem-se com outros peregrinos, assistir às missas em igrejas mosteiros e catedrais, e ver a grande infra-estrutura de edifícios providenciados aos peregrinos ao longo de muitos séculos.

Camiño Português

Via Lusitana

O Caminho Português é o segundo caminho mais popular em termos de número de peregrinos. O ponto de partida do caminho português completo é a capital portuguesa, Lisboa, contudo a maioria dos peregrinos começa a sua viagem a partir da segunda maior cidade de Portugal, o Porto ou da cidade fronteiriça luso-espanhola de Tui.

O trecho do Porto para Santiago tem está bem "equipado" pois tem albergues e bares ao longo da estrada e é bastante ocupado com peregrinos. A rota de Lisboa para o Porto tem menos instalações e os indicadores não são tão bons, contudo nos últimos anos esta tendência inverteu-se e hoje em dia e perfeitamente possível encontrar alojamento e apoio logístico muito aceitável ao longo do caminho.

O Caminho Português de Lisboa a Santiago tem 616 quilómetros de comprimento, a parte que começa no Porto tem apenas 240 km de comprimento. A peregrinação das terras portuguesas a Santiago de Compostela tem origem na Idade Média e foi utilizado pela rainha Santa Isabel de Portugal no início do século XIV. A rota seguiu de perto as estradas romanas antigas da Lusitânia mas hoje em muitos trechos você terá que andar ao longo de uma estrada moderna.O clima no norte de Portugal e da Galiza são influenciados pelo Oceano Atlântico e há muitos dias com fortes chuvas durante boa parte o ano.O Inverno não é uma época aconselhável para o Caminho Português, além do tempo frio e com fortes possibilidades de chuva, alguns albergues poderão eventualmente estar fechados nesta época e haverá por certo menos instalações em geral.A Primavera é a estação favorita para muitos, a natureza começa a crescer novamente e confere a paisagem um colorido único, o tempo é ameno e propicio para as caminhadas, no entanto, a chuva pode ocorrer com alguma frequência por isso, esteja preparado em conformidade.O Verão é também uma altura popular para fazer o Caminho Português, contudo os meses Julho e Agosto são turisticamente muito procurados em Portugal e os albergues podem estar lotados, especialmente nas últimas fases do caminho, alem de outro grande inconveniente é que nesta época as temperaturas sao muito mais elevadas e podem ascender a picos de mais de 40ºC o que é um grande inconveniente para quem caminha sob o sol tórrido.O Outono é uma época relativamente seca e as temperaturas medias não são muito baixas até Novembro, assim, esta época do ano pode ser uma boa opção para fazer o Caminho Português, para alem de ser uma óptima oportunidade para degustar o "Vinho Novo" da região.

Camiño Central Português


Teremos todo o prazer em tornar a sua peregrinaçao no Camiño  Central Portugues o mais confortavel possivel afim de que possa disfrutar da beleza das paisagens e suportar de uma forma mais "leve" a dureza de alguns trechos do Caminho.

Para isso disponibilizamos tres serviços distintos para o ajudar.

Faça clic sobre as imagens e descubra o que temos para lhe oferecer.

Este serviço é para aqueles que chegam ou partem de avião e desejam a comodidade de um serviço de transfer do aeroporto até ao ponto de partida do Caminho, ou desde Santiago até ao aeroporto. Disponibilizamos um serviço personalizado de transporte em veículos confortáveis até 6 lugares

Desfrute ao máximo dos encantos do Caminho Português e deixe a sua bagagem por nossa conta. Temos ao seu dispor um serviço de transporte de bagagens entre alojamentos no Caminho Português para seu maior conforto.

No decorrer da sua peregrinaçao e para descansar e retemperar energias aproveite para concecer alguns locais emblematicos no precurso como Santuario de Fatima, Castelo de Almourol, o Convento de Cristo, Mosteiro da Batalha entre tantos outros locais que farao da sua peregrinaçao algo unico e inesquecivel